Sopa cremosa de frango com champignon

Especial Sopas



Como prometido, hoje começo o “Especial Sopas”. Serão cinco novas receitas de sopas para fazer e se deliciar! Se a noite estiver fria é a pedida perfeita, mas se não estiver tão fria assim eu recomendo do mesmo jeito. Para mim uma “sopinha” sempre cai bem!
Você pode optar por servir em pequenas porções como entrada em um jantar, ou acompanhada de pães e torradas fazendo vez do prato principal.
O ideal é servir a sopa bem quentinha (principalmente os caldos – sopas mais “ralinhas” – que perdem a temperatura muito rapidamente), porém, não se deve ferver a sopa por muito tempo e em alta temperatura, pois isso mudará muito a textura e o sabor dos ingredientes, e, é claro, acarretará na perda de nutrientes dos legumes e verduras. Cozinhe sempre a sopa em fogo baixo ou médio, assim ela irá começar a ferver lentamente e chegará na temperatura desejada.
Para completar este “Especial”, recomendo também darem uma olhada nas sopas que já publiquei aqui no blog. São elas: Sopa de Cebola com pão e queijo gratinadoSopa de tomate com manga, Sopa de Cogumelos, Sopa de bifum e para sobremesa: Sopa de morango.

Ingredientes:
Cebola (meia unidade)
Peito de frango (um filé grande)
Champignon fresco (cerca de 10 unidades grandes)
Ervilha (cerca de 1 xícara)
Manteiga (1 colher de sopa cheia ou 2 colheres normais)
Cebolinha
Caldo de frango (cerca de 1l)
Creme de leite (1 xícara)
Farinha de trigo (1 colher de sopa)
Sal e pimenta-do-reino à gosto

*sei que na foto tem uma cenoura, mas eu desisti de usá-la durante o preparo.
** as medidas não são exactas.

Fatie os cogumelos, pique a cebola em pedaços pequenos, pique a cebolinha e reserve. Corte o frango em tirinhas e tempere com sal e pimenta.

Em uma panela média, refogue a cebola com a manteiga e tampe a panela para abafar (e fazer a cebola “suar”). Quando a cebola estiver transparente e molinha, acrescente o frango e refogue bm.

Dica: Não deixe a cebola dourar (ou queimar) para não alterar a cor e o sabor da sopa.

Em seguida, acrescente o champignon fatiado e a cebolinha picada (reserve parte para decorar). Misture bem e refogue por alguns minutos. Acrescente a farinha de trigo aos poucos e misture bem (sem parar para não grudar no fundo da panela).

Quando a farinha absorver toda a manteiga e cozinhar bem* (sem queimar ou dourar) comece a acrescentar o caldo de frango lentamente e mexendo sempre para não formar grumos de farinha.

*A aparência é estranha mesmo, parece que está dando errado, mas, no final, tudo dá certo!

Em seguida, acrescente as ervilhas* e deixe cozinhar lentamente. Quando as ervilhas estiverem cozidas, acrescente o creme de leite e misture bem.

* não use ervilhas enlatadas. Sugiro usar ervilhas frescas congeladas.

Acerte os temperos (sal e pimenta-do-reino). E deixe a sopa levantar fervura. Desligue e sirva à seguir.

Decore com um pouco de cebolinha picada e pimenta moída na hora. Sirva com torradas.
Bom apetite!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s