Salmão com Risotto de limão siciliano

Peixe e limão combinam… Peixe e arroz combinam… Então, peixe, arroz e limão combinam! Simples assim como esse prato. Tá ok, poderia ser mais simples, mas não tem como simplificar o preparo de um risotto, e diminuir o trabalho que ele dá. Precisa mexer sem parar e esperar o tempo necessário para o arroz cozinhar no ponto certo. Mas, fora isso, é um prato bem simples, com um sabor leve e refrescante, ótimo para “esse verãozão” que já veio com tudo, mesmo que, teoricamente, ainda seja primavera. Quer uma dica? Chame alguém para ajudar, enquanto você prepara outras coisas tem alguém para mexer o risotto. Dessa vez a minha ajudante de cozinha foi Manuela, minha irmã.
Ah, e esse jantar foi mais do que especial: família reunida pra celebrar a vida, a felicidade e a liberdade! 😉

Ingredientes:
Para o risotto:
Arroz arbóreo
Vinho branco seco
Cebola picada
Caldo de legumes ou peixe
Limão siciliano (o caldo e raspas da casca)
Azeite de oliva
manteiga
Queijo parmesão
Pimenta branca moída na hora
Sal (se o caldo já for salgado não precisa)

Para o salmão:
Filé se salmão com a pele
Sal
Pimenta do reino moída na hora
Azeite

Para montagem:
Geléia de gengibre e limão
Rodelas de limão siciliano

Broto de alfafa temperado com pimenta, sal, limão e um fio de azeite.

O início de todo risotto (pelo menos até onde eu sei) é sempre igual, você pode ver aqui. Basicamente é o seguinte: Refogue uma cebola picada no azeite ou manteiga até que ela fique molinha, mas sem deixar dourar. Acrescente o arroz e misture bem. Refogue um pouco e acrescente o vinho branco. Deixe reduzir.  Ah, usei cerca de 500ml de vinho para 500g de arroz (não medi exatamente, mas a proporção é mais ou menos essa).

Quando o vinho secar, vá acrescentando o caldo de legumes, este deve está bem quente ou fervendo. Acrescente uma concha por vez, continue mexendo até reduzir e acrescente outra, continue nesse processo ate o arroz ficar quase no ponto certo (al dente). Quando estiver quase no ponto, acrescente o suco do limão (coloquei o suco de dois limões sicilianos, o ideal é acrescentar aos poucos e provar para não ficar muito azedo), depois acrescente as raspas de um limão (só a parte amarela para não amargar). Misture bem. Se necessário, colocar mais caldo.

Quando o arroz estiver no ponto, coloque um punhado de queijo parmesão ralado e mexa vigorosamente, desligue o fogo e acrescente duas colheres de sopa de manteiga, misture tudo e sirva a seguir.

Para o peixe:

Tempere os filés de salmão com sal e pimenta do reino dos dois lados. Aqueça uma frigideira anti-aderente com um pouco de azeite (menos do que o da foto, esse foram os primeiros, e vi que não precisa de tanto azeite assim), quando estiver bem quente, coloque o salmão com a pele virada para baixo. Quando a pele estiver bem dourada vire o peixe com cuidado para não quebrar ou rasgar a pele e doure o outro lado.

Dica: O ideal é servir o salmão mal passado ou ao ponto, nunca bem-passado (pois o peixe fica seco e perde o seu suco natural). Então, quando virar o peixe não deixe por muito tempo. O fogo alto ajuda a dourar mais rápido sem cozinhá-lo muito por dentro.

Montagem:

Coloque uma porção do arroz no centro do prato, sobre ele coloque o filé de salmão com a pele voltada para cima. Arrume um pequeno maço de broto de alfafa (ou mini-rúcula) temperado. Finalize com uma colher de sopa da geléia de gengibre e limão em volta do prato e decore com fatias de limão.

Dica: aqueça a geléia no microondas, assim ela fica líquida e fácil de colocar no prato.

Bom apetite!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s