Risotto de Shiitake

Até que enfim a receita do risotto! Depois de alguns dias, tá quase uma semana, esquecendo de baixar as fotos da câmera, eis que hoje eu lembrei!
Esta receita é dedicada a duas pessoas que eu gosto muito, a primeira é Barbara Aguiar (vulgo, Bali) que estava presente no dia e, além de cobaia, foi explorada durante o preparo da receita, ora fotografando, ora mexendo o risotto (isso é, bastante tempo). E, a outra pessoa é Thaís Dantas (também conhecida como Tatinha), ela me pergunta desde segunda-feira “Cadê a receita do Risotto?”, como ela não estava lá para comer, ela já disse como ela quer que eu faça o risotto da próxima vez: “Faz duas panelas, uma só pra mim, e a outra pro pessoal que tiver ai pra comer”, é, eu acho que ela gosta de risotto!! Bali aprovou (pelo menos coEditar HTMLmeu tudo do prato), falta ver se Tatinha vai aprovar, pelo menos as fotos…

Ingredientes:

400g de arroz arbóreo
1 cebola
1 dente de alho
1 bandeija de shiitake fresco
Shiitake seco (não precisa de muito)
Vinho branco seco (cerca de uma taça)
1 – 1,5 litro de caldo de legumes (se utlizar caldo pronto, preferir o caldo em pó, pois não tem gordura e tem menos sal)
Cebolinha
Manteiga
Creme de leite (duas ou três colheres de sopa bem cheias)
Azeite
Sal e Pimenta do reino

Lave bem os cogumelos secos em água corrente (utilizei um pouco de shiitake e um pouco de funghi chileno), e coloque-os para ferver junto com o caldo de legumes. Deixe cozinhar em água fervente por alguns minutos. Coe o caldo utilizando um coador de café, uma peneira muito fina ou um pano sobre uma peneira para reter as impurezas que ficam no fundo da panela depois do cozimento dos cogumelos secos.
Volte o caldo ao fogo (o caldo precisa está bem quente durante o preparo do risotto) e pique os cogumelos. Reserve.

Pique a cebola e o alho em cubinhos pequenos. Em uma panela grande, derreta uma colher de sopa (bem cheia) de manteiga, acrescente o alho e a cebola e deixe refogar até que fiquem murchos e bem transparentes, sem deixar dourar ou queimar.

Acrescente o arroz e misture até que esteja bem refogado, a partir de agora o importante é não parar de mexer (não é Bali?). Em seguida, acrescente o vinho branco, continue mexendo até que o arroz incorpore todo o líquido.

Acrescente os cogumelos ( os que foram hidratados e picados). Misture bem e vá acrescentando o caldo de legumes aos poucos. Uma ou duas conchas por vez. Misture até que todo o caldo seja absorvido pelo arroz, acrescente mais um pouco do caldo… Repita esta operação até que o arroz esteja al dente.

Enquanto o arroz está cozinhando (se você tiver uma ajudante para ficar mexendo o risotto, se não, faça esta etapa no início e deixe reservado) fatie os shiitakes frescos e, em uma panela aqueça um pouco de azeite, acrescente o shiitakes, tempere com sal, pimenta do reino e cebolinha picada. Refogue bem. Acrescente este refogado ao risotto junto com as ultimas conchas de caldo de legumes.

Quando o arroz estiver no ponto, acrescente duas ou três colheres de sopa de creme de leite, misture bem para incorporar. Desligue o fogo, acrescente uma colher de sopa e manteiga, misture vigorosamente e sirva a seguir.

Dica: No final você também pode acrescentar um punhado de queijo parmesão ralado (queijo parmesão de verdade, por favor, nada de queijo em saquinho!).

Decore com cebolinha e um fio de azeite, sirva com vinho branco seco e bom apetite!!

Anúncios

5 thoughts on “Risotto de Shiitake

  1. êeeee!!! a minha receita!! hahahahaexplorada, trabalhando com o pé quebrado (mesmo sem saber…), ó a dedicação!e tem minhas fotos também, ó!ai, muitas exclamações… mas é que ficou muito bom! podem fazer aí, viu!?

  2. Achei seu blog por acaso, tb sou de Recife e me aventuro na cozinha rs! Estou adorando suas receitas, essa entao foi pra lista de favoritos!Ansiosa pra fazer o quanto antes. Me conta onde vc compra os shitakes, funghis e afins?Amanha vou fazer a torta de maca que vc postou, dps venho contar como ficou :)bjs! Ana Luisa

  3. Oi Ana, que bom que você está gostando do blog! Fico feliz.Quanto aos cogumelos frescos eu encontro no Pão de açúcar e na Frutaria (fica na 17 de agosto), já os secos são mais fáceis, tem da Cia das ervas também no pão de açucar e acho que bompreço.Quanto a torta, pode fazer fica ótima e é super simples, lembra que não precisa colocar muito limão (nem suco nem as cascas). Depois vem contar como ficou! beijo

  4. Oi Mariana! Fiz a receita da torta de maçã… que delícia! Super fácil! Fiz pra levar pra casa dos meus pais esse fds e foi sucesso! Até meu marido elogiou (ainda sou recém-casada, tem q impressionar né, rs!) :)Aprovadíssimo! Vou fazer essa semana o crumble de morango e o risto de shiitake.Encontrei o shiitake seco perto da minha casa, no Wasabi Sushi Store, conheçe? La vende shiitake flambado congelado…comprei e me deliciei pensando no risoto rsrs Vou passar no Pão de Açúcar pra ver os frescos.Obrigada pela inspiração, continue postando as delícias! bjos

  5. Que bom Ana!! Esta torta é infalível, não é? Quando eu fiz também foi um sucesso :)Humm shiitake flambado? Nossa deve ser gostoso, estou viciada em cogumelos frescos :DBoa sorte nas proximas receitas, inclusive, ótima escolha! O crumble é SUPER fácil de fazer. O Risotto requer mais cuidado e é um pouco mais demorar já que precisa ficar mexendo sempre! Beijo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s